O Cromo Informatico

quarta-feira, setembro 21, 2005

ocromoinformatico

ocromoinformatico

"O SOFTWARE LIVRE É UMA MERDA"



Estava eu muito bem sentado num cafézinho na amena cavaqueira quando me aparece um cromo informático e me diz, "O Software Livre é uma merda!". Espantado - ou se calhar não! - com tal reacção, de quem nada de informática percebe, tentei inserir-me no espaço/tempo de tal reacção.
"Estive a instalar uns programinhas que me lixaram o computador..."
Pois, esta bem. - pensei eu.
Sabes o que é software livre?
Software livre, é todo o software que tem as suas linhas de código licenciados sob a General Public License (GPL).
A GPL tem 2 regras:
A primeira diz que o software que tu adquiriste (binário e fonte) é teu e podes fazer com ele o que te der na telha.
A segunda diz que todo o software criado a partir de um software livre tem que se manter livre.
Ao contrário, as licenças de software proprietário permitem apenas que tu instales aquele software em uma máquina e que utilizes os binários.
Esclarecidas que estão as coisas, passemos a parte real (subentenda-se, a acção).
Parece-me que está em causa qual dos dois tipos de software, aberto ou fechado, é mais fiável, menos perigoso e mais seguro. Que alguém queira ganhar dinheiro com ele seja de maneira ética ou não, legal ou não legal. Que alguém queira fazer mal a alguém, através do software mal escrito, com ou sem intenção.
Pois bem, o que aconteceu - já que tenho poucos esclarecimentos sobre o que realmente aconteceu- foi que te puseste a instalar software "à grande", entre eles software livre. E que o teu sistema operativo proprietário deixou de funcionar, ou funciona mal.
Já pensaste que seja o que for que aconteceu, foram consequências dos teus actos? Tenha sido software livre ou fechado, aceitaste a licença de olhos fechados e agora queixas-te, depois depois de aceitares uma licença, que diz, que não podes reclamar se alguma coisa acontecer (ou seja que o autor não se responsabiliza) ao teu computador.
Porque não vais reclamar com o dono do teu sistema operativo fechado (sim porque apesar de o teres comprado, ele não é teu!!) que o criou tão fácil de destruir? Pede-lhe por suporte técnico, garantia... Pois, também não leste a licença... Temos pena!
Uma das muitas coisas que distingue o Software Livre do Software Fechado é o código fonte. No Software Livre o utilizador tem acesso ao código fonte!
Mas de que é que me serve ter o código fonte se eu não percebo nada de programação? - pergunta o cromo.
Está bem visto, mas para que é serve um carro ter as peças todas a mostra se eu não percebo nada daquilo? - respondo-lhe - Alguém há-de perceber!
Sabias que à uns anos atrás uma empresa de software proprietário, criou um jogo que apagava os teus ficheiros? Isso só foi descoberto por utilizadores lesados. De que é que serviu? nada! a licença diz que o autor não pode ser responsabilizado!
Qual é a diferença então?
A diferença, cromo, é que se esse software fosse aberto, alguém ter-se-ia interessado pelo código e teria descoberto tal falha...
Sim, é bastante relativo (eu sei que odeias esta expressão...), mas há mais!
Quem teria interesse em ganhar dinheiro contigo? Alguém ou uma empresa que faz software para ganhar dinheiro e que te enche o computador de merda e depois diz que te oferece o programa, ou uma comunidade de voluntários que escrevem software como hobbye -ou não!- com o intuito da fama, do prazer ou de poder ajudar, criando ajudando os outros e a si mesmo?
Se uma empresa de firewall criasse um produto com brechas de segurança e ninguém soubesse a não ser os mesmos, eles diriam, correndo o risco de perder mercado?
E se os autores da firewall que vem no kernel do linux encontrassem uma falha de segurança, diriam correndo o risco de perder mercado? Qual mercado? Mais: como o acesso ao código é livre, alguém acabaria por ver!
Eu sei que se os conselhos fossem bons vendiam-se, mas eu vou te arranjar alguns pelo preço do Software Livre.
A Net é uma selva, não confies em ninguém! Não dês dados importantes, protege-te e tem cuidado por onde andas!
O Mundo é uma selva, não confies em toda a gente! Mesmo que sejam bem intencinados podem ser tão cromos como tu!
Antes de entrares em contacto com algo de novo, informa-te, mesmo que o software seja livre já houve montes de gente que o utilizou. O software tem sempre uma página na net e há também os fóruns.
Não me quero prolongar mais. Pensa no que te digo.